9 de março de 2016

[Escritos] Mulher


Mulher. 
Uma palavra tão pequena e simples mas com uma vasta carga de significados e atribuições. A guerreira.
De 1857, operária de uma fábrica com condições desumanas que morreu na luta por seus direitos, até a mulher de 2016, a esposa, mãe, filha que cuida da casa, do marido dos filhos e se brincar ainda tem um trabalho por fora que auxilia no sustento da casa. 
A revolucionária. 
A mesma dos direitos que não aceitou calada a opressão, até a de hoje que luta contra o preconceito enraizado por séculos que barra suas formas de manifestação.
 A viajante, colorida, sem filhos, sem leis, ela e apenas, ela. 
Cinquenta em uma só. É dobra e desdobra. É sonho e determinação.
Os anos passam, mas nas entrelinhas ainda existem as grades. Salários inferiores, "se dê ao respeito", "guarde para o casamento", "ninguém vai te querer assim", "moça deve cuidar da casa". 
Sem igualdade, sem classe, sem compaixão. 
O ser humano tem sua essência, mas a mulher sabe como isso mudar. Seu instinto destemido dificilmente se calará e dessa grade, iremos nos libertar. 

Estefany Cavalcante

Essa foi uma singela homenagem para o nosso dia, espero que tenham gostado gente.
Feliz dia da mulher (atrasado porque não consegui postar ontem) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei obrigada por comentar, saiba que isso me deixa muito feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...