16 de janeiro de 2015

Por uma vida sem rótulos

(Tumblr)

Oi para você que também sofre com a incerteza de escolher entre usar vestidos coloridos e gostar de ouvir heavy metal. É, talvez essa introdução tenha chocado um pouco, por conter coisas totalmente opostas e mais ainda por existir a possibilidade de alguém ser assim. Mas é o que eu venho dizer a vocês, essas pessoas existem. E todos os dias sofrem ao ter que escolher ser de um jeito para se encaixar em um grupo, para se livrar dos julgamentos, dos rótulos. Eu sou assim. Cheia de gostos opostos, estranhos e a quinze anos venho achando que devo mudar, que isso não é certo. Pois bem, mas desde que conheci a Bruna Vieira aprendi que não existe nada de errado em ser diferente e que o mais importante é se aceitar e gostar de si mesmo. É como diz aquela música da Pitty, 

O importante é ser você, mesmo que seja, estranho 

Seja você, mesmo que seja bizarro bizarro bizarro 

E hoje definitivamente ela me mostrou isso de um jeito incrível. Para você que ainda não conhece a Bru e você que assim como eu já é fã, corra para o canal dela no Youtube e assista seu último vídeo "Por uma vida sem rótulos". Um dos vídeos mais inspiradores que eu já vi na minha vida, se não o mais. É engraçado dizer isso, mas, ela disse exatamente o que eu precisava ouvir. Até chorei aqui, não é exagero.
Como sugere o título, o vídeo fala como todos somos impostos a seguir um padrão. Mas ela veio para nos mostrar o quanto ser diferente é maravilhoso.


E a inspiração para esse vídeo veio de uma campanha que ela está participando da Gillete Venus. Uma campanha linda que convida a todos nós abandonarmos nossos rótulos e valorizarmos cada detalhe da nossa personalidade, afinal ela é quem nós torna únicos (a). Para participar, temos que utilizar a hashtag #UseSeuE!




4 comentários:

  1. A alguns anos atrás, fui muito julgada por usar roupa e make preta, acessórios pesados e cabelo colorido e ouvir pop. Usar um vestido com meus fones gritando um rock pesado nos meus ouvidos? Não podia também. Depois que passei por isso, decidi que não daria ouvido a mais nada que me dissessem, somente a meus pais. E foi o que fiz. Lhe garanto que hoje sou muito mais feliz do meu jeitinho. Adoro rock, mas isso não me impede de ouvir pop e sertanejo. Viciada em calça jeans+regata básica+all star, mas isso não quer dizer que eu não use um vestido bonito com um saltão vez ou outra.
    Beijos e seja você. Você é linda e magnífica do seu jeitinho todo especial.

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você está totalmente certa Lary! Com os rótulos acabamos fazendo tudo para agradar os outros e esquecendo do que a gente realmente gosta. No meu caso, porque gosto de estudar me diziam que eu não podia gostar de passear e que devia viver de cara nos livros! Isso não existe, chega.
      Obrigada pelo conselho, beijos <3 *-*

      Excluir
  2. Te indiquei pra respoder a Tag Liebster Award.
    Espero que goste.
    - Beijão
    http://oquequeremoslivros.blogspot.com.br/2015/01/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuito obrigada Mi, eu adoro responder tags *-*
      Beijos :*

      Excluir

Ei obrigada por comentar, saiba que isso me deixa muito feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...