10 de julho de 2016

[Indicações Literárias] Livros para ler nas férias


Olá pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que sim. Hoje eu estou aqui para compartilhar algumas indicações literárias feitas pela minha amiga e administradora do blogger Escritores Fantásticos onde também administro, Shintya Peres. Ela pretende ler os livros da lista diante de suas propostas e espero que vocês gostem também! E obrigada desde já Shin

O mês de Julho chegou e com ele as tão esperadas férias inverno e bom na maioria das vezes apenas queremos viajar e curtir muito com os amigos, mas caso você vá ficar em casa que nem eu e esteja entediada de não fazer nada, por que não ler um bom livro? Pensando nisso resolvi trazer 10 livros que irão salvar sua vida do tédio nessas férias assim como estão salvando a minha.


Como Eu Era Antes De Você, de Jojo Moyes. Esse não é um livro tão recente, mas ganhou muito destaque esse ano com a estreia de sua adaptação para o cinema, muitas pessoas se interessaram. O livro é lindo e nos envolve em uma historia emocionante. Will é um jovem que após um acidente acaba ficando paraplégico e com isso deixa que a amargura tome conta dele. Loiuse por outro lado é divertida, alegre com uma mentalidade pequena do tipo que é feliz com o pouco que tem. Os caminhos dos dois se cruzam quando Louise vai trabalhar como cuidadora dele, no começo ele tenta afastá-la, mas a insistência dela acaba fazendo com que ele abaixe a guarda. Lou e Will se tornam amigos e por ironia do destino acabam se apaixonando.  


Em Algum Lugar Nas Estrelas, de Clare Vanderpool. Este livro foi publicado pela editora Darkside no primeiro semestre de 2016 e recebeu criticas maravilhosas. Um romance intenso que fala sobre a como é difícil crescer em um mundo que nem todo mundo parece estar satisfeito com a sua presença, pelo menos é assim que Jack vê as coisas. A segunda guerra mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos nenhum para comemorar, perdeu sua mãe e seu pai não estava ligando muito para ele. Jack acaba sendo levado para um colégio militar com coisas que ele nunca havia visto isso faz com que ele se sinta pequeno perto daquilo tudo, mas as coisas mudam quando conhece o enigmático Early Auden. 


A Garota No Trem, de Paula Hawkins. Este livro tem sua adaptação marcada para estreiar nos cinemas 27 de Setembro, então antes de correr pro cinema para ver por que não antes ler o livro para fazer aquela comparação básica. Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.



O Melhor de Mim, Nicholas Sparks. Como todos os livros dele esse também promete ser emocionante e nos fazer entrar na vida dos personagens. Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois.


Os Adoráveis, de Sarra Manning. Este é um dos meus livros favoritos. Eles são completamente diferentes um do outro. Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana, mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Michael por sua vez é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “;ex”; — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez o que acaba se tornando um livro uma verdadeira comedia romântica. 


A Primeira Vista, de Nicholas Sparks. Jeremy Marsh tinha três certezas - jamais se mudaria de Nova York, não se apaixonaria novamente e nunca teria filhos. Mas agora ele está prestes a se casar com Lexie Darnell e aguarda a chegada da primeira filha, enquanto conduz a reforma de sua nova casa na pequena cidade de Boone Creek, na Carolina do Norte. Em meio a tantas mudanças, Jeremy luta para reencontrar o equilíbrio pessoal e profissional ao lado da mulher que o fez mudar todos os seus planos. Quando tudo parece estar entrando nos eixos, Jeremy recebe um misterioso e-mail que dá início a uma série de acontecimentos que irão testar a força dessa paixão. Atormentado pela ideia de estar sendo traído, vivendo uma crise criativa que o impede de trabalhar e angustiado com a gestação complicada de Lexie, ele não poderia imaginar que o pior - e o melhor - ainda estava por vir.



Escola de Vilões, de Jen Calonita. Será que um vilão pode se recuperar? Gilly não se considera exatamente uma garota má... Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? Descubra o Lado B dos contos de fadas.


Alice No País Das Armadilhas, de Mainak Dhar. Uma aventura envolvente sobre uma garota que encontra seu destino em um mundo que deu terrivelmente errado.  O planeta Terra foi devastado por um ataque nuclear, e boa parte de sua população se transformou em Mordedores, mortos-vivos que se alimentam de sangue e, com sua mordida, fazem dos humanos seres como eles. Alice é uma jovem humana de 15 anos que mora no País das Armadilhas, nos arredores da cidade que um dia foi Nova Déli, na Índia. Ela nasceu nessa nova realidade aterrorizante e teve de aprender a se defender sozinha desde cedo. As coisas mudam quando Alice decide seguir um Mordedor por um buraco no chão: ela descobre a estarrecedora verdade por trás da origem das criaturas e se dá conta da profecia que ela mesma está destinada a consumar - uma profecia que se baseia nos restos chamuscados do último livro encontrado no País das Armadilhas, uma obra chamada Alice no País das Maravilhas. Uma mistura incomum de mitos, teorias conspiratórias e Lewis Caroll, Alice no País das Armadilhas pode parecer mais uma história de zumbi, mas é uma metáfora instigante de como tendemos a demonizar aquilo que não compreendemos. 


Os Garotos Corvos, de Maggie Stiefvater. Todo ano, na véspera do Dia de São Marcos, - Blue Sargent vai com sua mãe clarividente até uma igreja abandonada para ver os espíritos daqueles que vão morrer em breve. Blue nunca consegue vê-los - até este ano, quando um garoto emerge da escuridão e fala diretamente com ela.  Seu nome é Gansey, e ela logo descobre que ele é um estudante rico da Academia Aglionby, a escola particular da cidade. Mas Blue se impôs uma regra: ficar longe dos garotos da Aglionby. Conhecidos como garotos corvos, eles só podem significar encrenca.  Gansey tem tudo - dinheiro, boa aparência, amigos leais -, mas deseja muito mais. Ele está em uma missão com outros três garotos corvos: Adam, o aluno pobre que se ressente de toda a riqueza ao seu redor; Ronan, a alma perturbada que varia da raiva ao desespero; e Noah, o observador taciturno, que percebe muitas coisas, mas fala pouco.  Desde que se entende por gente, as médiuns da família dizem a Blue que, se ela beijar seu verdadeiro amor, ele morrerá. Mas ela não acredita no amor, por isso nunca pensou que isso seria um problema. Agora, conforme sua vida se torna cada vez mais ligada ao estranho mundo dos garotos corvos, ela não tem mais tanta certeza. 


Doidas & Santas, de Martha Medeiros. Um livro divertido que reúne cem crônicas, onde Martha procura expor os anseios de sua geração e de sua época. As alegrias e as desilusões, os dramas e as delícias da vida adulta, as neuroses da vida urbana, o prazer que se esconde no dia a dia, o poder transformador do afeto e os mistérios da maternidade.

É isso pessoal, espero que tenham gostado. Caso queiram visitar a Shin, ela também tem um blogger pessoal que você pode acessar clicando aqui. Se tiver alguma indicação para as férias também, que tal deixar abaixo?

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei obrigada por comentar, saiba que isso me deixa muito feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...