22 de maio de 2015

Mudança

Quanto tempo faz que não venho aqui? Um, dois ou seriam três meses? Perdi a conta. Mas posso dizer que todo esses afastamento teve lá suas vantagens.
Aquela menina do começo do ano insegura e com medo do futuro agora amadurece a cada dia com um novo aprendizado.
Por muito tempo eu me limitei. Me escondi e tive medo de mostrar para o mundo quem eu verdadeiramente era. Era horrível não conseguir se encaixar em grupo algum por me sentir diferente, não que isso não aconteça mais, seria mentira se afirmasse. Mas hoje sei que não há nada de errado em ser diferente e aquele desespero, típico de adolescente em crise para fazer parte de um grupo, não passa de uma besteira.Os rótulos no geral que são impostos a nossa fase representam uma besteira, e das grandes.
Minha cabeça era focada em um só ritmo de música. Em um estilo, um gênero. Um. Apenas um. Eu nunca me permiti vivenciar sensações diferentes pelo simples fato de me sentir bloqueada por uma barreira que eu mesma criei, através destes rótulos. Perdi sensações incríveis que poderia sentir ao experimentar algo novo...  Fico feliz de ter descoberto a tempo que a única culpada da minha infelicidade e insatisfação com o rumo que tudo estava tomando era minha.
E a lição que tiro das minhas últimas experiências é de que conhecer pessoas novas e vivenciar ambientes diferentes daquilo que você está acostumado pode parecer assustador mas antes de desistir, tente. Essa é a minha regra a partir de agora. Não tema a mudança, ela liberta, modifica e ensina. E sem ela, é impossível crescer.

2 comentários:

  1. Você escreve tão bem Stefany..
    Faça mais posts aqui *--*

    Indicada para uma Tag, gata: http://imperfeicaoliteraria.blogspot.com.br/2015/05/tag-frases-de-mae.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwwnt que fofa, muito obrigada! Pode deixar que vou voltar ♥
      Tags *u* <3

      Excluir

Ei obrigada por comentar, saiba que isso me deixa muito feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...