9 de março de 2014

Gritos no corredor

Imagem: Aqui

Eu estava dormindo quando de repente ouço o estrondo da porta de um quarto, provavelmente o dos meus pais. Acordo assustada, movendo a cabeça freneticamente em busca do motivo de tamanha violência quando ouço os gritos vindos do corredor. "Ah vai ir embora? pode ir, não precisamos de você." Era a voz da minha mãe, rouca e parecia chorosa. Resolvi ver oque estava acontecendo lá fora, coloquei minhas pantufas e espiei pela brecha da porta. Eles estavam lá. Meu pai, com uma pequena mala nas mãos e o rosto pálido e sem expressão. Já a loira a sua frente era totalmente seu oposto. Suas bochechas estavam molhadas de lágrimas e as mãos tremiam mesmo estando imóveis. 
Era mais uma daquelas brigas que presenciei pela primeira vez aos doze anos e realmente acreditava que não voltaria a vê-las novamente. Talvez vovó tenha me preservado de muitas delas enquanto me levava para passar o final de semana em sua casa, ela sabia que meu pais não andavam bem desde a morte de Caio, meu irmão menor. Ele dizia que a culpa da morte dele era dela por fumar tanto, já ela o condenava por beber demais e lhe causar muito estresse durante a gravidez. A única diferença desta briga para outra era uma mala, uma simples mala que poderia mudar meu futuro daqui para frente. " Papai, para onde o senhor vai?" Atrevi-me a perguntar, me posicionando em frente a eles. Já estava grandinha de mais para me esconder embaixo da saia da vovó como da outra vez. " Lorena, não se meta nisso minha filha. Para o quarto!" " Vocês vão se separar não é?" " Lorena para o quarto" "Papai o senhor não pode deixar a gente ..." "Chega" Ele pisou firme no chão e desceu as escadas para o térreo em busca da porta para a rua e quando finalmente a encontrou girou a maçaneta e me encarou por mais duas ou três vezes, parada no corredor que dava acesso aos quartos, quando finalmente ousou abri-lá e se retirar. Aquela foi a última vez que o vi.

Continua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei obrigada por comentar, saiba que isso me deixa muito feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...